Publicado por: arqurbdesign | 28/10/2009

CNPq lança oito editais para áreas estratégicas

CNPq lança oito editais durante esta semana: são R$ 66 milhões para áreas estratégicas
Publicado em Sala de Imprensa

Os investimentos contam com parceiros como os Ministérios da Educação, Saúde, Desenvolvimento Agrário, C&T e Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa, entre outros. Confira abaixo.

Olimpíadas Científicas

Com o objetivo de proporcionar um instrumento para a melhoria dos ensinos fundamental e médio e possibilitar a identificação de jovens talentosos, que serão estimulados a seguir carreiras técnico-científicas, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCT) e a Fundação Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE/MEC) lançam o Edital 053/2009 para apoiar a realização de Olimpíadas Científicas de alcance nacional. As inscrições vão até 23 de novembro.

Avaliação da Saúde

O CNPq/MCT e o Ministério da Saúde selecionam propostas que fortaleçam a Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde (REBRATS) por meio do Edital 067/2009 . Estão disponíveis R$ 8 milhões, 50% proveniente do Fundo Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico/Fundos Setoriais e 50% oriundo do Fundo Nacional de Saúde Decit/SCTIE/MS. As inscrições também vão até 23 de novembro, o projeto deve estar claramente caracterizado como revisão sistemática ou pesquisa científica, tecnológica ou de inovação.

Nutrição Vegetal

O Edital 069/2009 seleciona projetos para desenvolver, em forma de rede multi-institucional, tecnologias facilitadoras da nutrição vegetal, visando maior competitividade do agronegócio brasileiro. As propostas aprovadas serão financiadas com recursos estimados em R$ 3 milhões, oriundos do Fundo Setorial do Agronegócio. O objetivo é desenvolver tecnologias e produtos para a aplicação de bactérias diazotróficas de gramíneas e fungos micorrizicos para reduzir a demanda externa do Brasil por fertilizantes nitrogenados e fosfáticos, além de promover a sustentabilidade agrícola. O prazo para se inscrever vai até 04 de dezembro.

Análise de Risco de Pragas

O agronegócio brasileiro é um dos principais setores da economia nacional. Eficiente e competitivo, responde por cerca de 1/3 do produto interno bruto e por 42% das exportações. Para apoiar projetos voltados ao levantamento, em nível mundial, das pragas e doenças associadas às principais culturas geradoras de divisas para o agronegócio do país, além de estudos de análise de risco de pragas o CNPq/MCTe o Fundo Setorial do Agronegócio lançam o Edital 032/2009 .

Pesquisas em genômica e proteômica

O Edital 042/2009 do CNPq/MCT apóia projetos de pesquisa interdiciplinares em genômica e proteômica para promover a formação e o fortalecimento de grupos de pesquisa consorciados. Estão disponíveis R$ 13 milhões, sendo R$ 6 milhões do Fundo Setorial do Agronegócio, R$ 6 milhões do Fundo Setorial de Biotecnologia e R$ 1 milhão do MCT, para otimizar os investimentos e fortalecer a infra-estrutura, além de fortalecer os centros de excelência e ampliar a competência nessas áreas específicas, contribuindo para formação de pessoal especializado. O prazo para inscrições também termina em 04 de dezembro.

Pesca e cadeias produtivas

Para apoiar o desenvolvimento da pesca nacional, considerando a otimização das cadeias produtivas de espécies de pescados tradicionais sem aumento do esforço de pesca, além de novas cadeias produtivas, o CNPq lança o Edital 036/2009. Estão disponíveis R$ 7,3 milhões.

Agricultura familiar

O CNPq e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), por meio do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural da Secretaria da Agricultura Familiar (DATER/SAF), lançam Edital para a seleção pública de projetos que proporcionem experiências inovadoras no ensino, aprendizagem e intervenção em extensão rural de inovação tecnológica, validação e disponibilização de tecnologias apropriadas à agricultura familiar e a formação de agentes de ater em manejo ecológico e conservação dos solos e da água.

Espaços científico-culturais

Lançado pelo MCT, CNPq e Secretaria de Ciências e Tecnologia para Inclusão Social (SECIS/MCT), em parceria com as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), o Edital 064/2009 seleciona propostas para apoiar atividades que propiciem a instalação e o fortalecimento de espaços científico-culturais. Poderão ser contemplados Centros e museus de C&T, planetários, jardins zoobotânicos, parques de ciência e instituições voltadas para atividades de divulgação científica que valorizem a interatividade. As inscrições vão até 05 de dezembro.

Anúncios
Publicado por: arqurbdesign | 13/10/2009

Procad-NF recebe projetos das regiões N, NE e CO

Procad-NF recebe projetos das regiões N, NE e CO

Publicada por Assessoria de Imprensa da Capes
Sexta, 09 de Outubro de 2009 15:02

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulga hoje, 9, o edital do Programa Nacional de Cooperação Acadêmica – Ação Novas Fronteiras (Procad-NF). O objetivo é apoiar projetos conjuntos de ensino e pesquisa, em instituições distintas, que estimulem a formação pós-graduada, a mobilidade docente e discente e a fixação de pesquisadores doutores nas Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Serão recebidos para avaliação, até 20 de novembro, projetos de implantação de redes de cooperação acadêmica submetidos pelas regiões citadas, solidariamente com instituições de ensino superior (Ies) que mantenham programas de pós-graduação já consolidados (com conceito Capes, igual ou superior a 5 no nível de doutorado). A divulgação e implementação dos projetos está prevista para o mês de dezembro deste ano.

Cada equipe, formada por professores e estudantes vinculados aos programas de pós-graduação recomendados pela Capes nas Ies participantes, pode apresentar apenas um projeto e deve ser constituída de, pelo menos, três docentes/pesquisadores doutores. Os projetos serão apoiados por meio do financiamento de missões de estudo, missões de docência e pesquisa e estágio pós-doutoral no país.

Entre os itens financiáveis estão bolsa e auxílio moradia no país; passagens aéreas e diárias para missões de estudos, missões de docência e pesquisa e estágio pós-doutoral; diárias para missões de docência e pesquisa; e recursos de custeio para o desenvolvimento das atividades do projeto até o máximo anual de R$ 10 mil para cada equipe integrante do projeto.

Os projetos terão duração e financiamento de quatro anos, com possibilidade de ampliação para cinco anos.

Resultado de propostas de cursos novos de pós-graduação 2008 e 2009

Publicada por Assessoria de Imprensa da Capes
Terça, 13 de Outubro de 2009 15:35

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC) divulga nesta terça-feira, 13, os resultados da apreciação de propostas de cursos novos de 2008 e 2009. As propostas foram analisadas e recomendadas durante a 112ª Reunião do Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES), entre os dias 28 de setembro e 2 de outubro, em Brasília.
As fichas, com os pareceres das propostas recomendadas e das não recomendadas, encontram-se disponíveis às instituições proponentes na página eletrônica da Capes. Outras propostas ainda estão em processo de análise. Acesse aqui os resultados.

Categorias